Monstros Fantásticos [...]

... e onde encontrá-los

Passados cinco anos, a J. K. Rowling voltou. E voltou em grande, e não apenas como escritora mas também como argumentista no último filme baseado numa obra sua, Monstros Fantásticos e Onde Encontrá-los.

Desde que foi anunciado que andava super entusiasmada pela sua chegada, e finalmente estreou nos cinemas na quinta-feira passada! Deixei passar os primeiros dias após a estreia para conseguir ir a uma sessão mais tranquila, e consegui! Sete pessoas, eu e um pacote XXL de pipocas doces na mão - ofereci metade ao meu irmão mal cheguei a casa! -, e durante 133 minutos recuei no tempo e regressei ao meu tão amado mundo mágico. Fui com tudo: expectativas altas, entusiasmo excessivo e alegria que mal podia conter em mim. E regressei a casa com tudo. Sem desilusões, desapontamentos ou desenganos. O filme tinha sido ainda melhor do que esperava. 

Durante duas horas e treze minutos estive completamente deslumbrada e fascinada pelos cenários, pelos personagens e respectivos actores (em particular, o meu queridinho Eddie Redmayne), pelos efeitos especiais, pela fluidez com que era contada toda a história e pelo entusiasmo com que era contada. Ao contrário do que a J. K. Rowling nos habituou, este filme é alegre, cativante, quente e tem uma vertente engraçada que nos faz soltar gargalhadas mesmo nos momentos mais inesperados. Monstros Fantásticos e Onde Encontrá-los é apaixonante, e faz-nos voltar a apaixonar pela magia e por tudo o que a rodeia. 

Não está carregado de feitiços mágicos, nem tão pouco se foca num personagem maquiavélico - apesar de também o ter. Este filme dá-nos sim a conhecer como era o mundo mágico 70 anos antes do nascimento do irreverente Harry Potter, e mostra-nos uma nova vertente do mesmo, em que não reinam apenas criaturas obscuras e assustadoras, mas também criaturas raras em vias de extinção com nomes um tanto impronunciáveis mas completamente adoráveis (mais um ponto a favor, uma vez que fizeram aqui um paralelismo com o nosso mundo real e chamam a atenção para esta situação). 

É o primeiro de uma nova saga, e a meu ver conseguiu dar-nos a conhecer todo um novo mundo mágico e um pouco da história dos novos personagens de uma forma encantadora e fascinante. E com isto tudo dito, já perceberam que mal posso esperar pela chegada do próximo filme!

CONVERSATION

1 Comentários:

  1. Eu quero ver, está na minha lista, juntamente com o Dr. estranho e o Primeiro Encontro....mas ainda não houve tempo.

    Beijinhos,
    Carla
    https://demantanosofa.blogspot.pt/

    ResponderEliminar

Back
to top